Friday, February 27, 2009

É verdade: estou disposta a assentar. Tipo, namorar, casar (af), ter filha, casa e um ambiente familiar feliz.
Não sei se é dos trinta ou se é da solidão. Não sei se amadureci ou se a vida abriu-se em duas. É uma sensação estranha. De querer muito isso. De o desejar com todas as minhas forças. E ter a paciência para esperar. Mas esperar de verdade! Sem ansiedade e sem medo.

2 comments:

Bela said...

Esse post me fez lembrar a música do Legião...
"Temos nosso próprio tempo...
... não tenho medo do escuro,
mas deixe as luzes acesas".
Boa sorte com teus desejos, intensos, eles tem grandes chances de serem realizados.
De cá estarei na torcida, adoro ver as pessoas felizes.
Bjos.

L.S. Alves said...

Clara creio que esse tipo de coisa chega espontaneamente quando é a hora certa. Pelo menos pra mim foi assim que aconteceu.
Um abraço moça.