Thursday, December 11, 2008

Ás vezes

Às vezes não sei o que fazer às saudades que sinto de Portugal e dos meus amigos. À falta que me faz caminhar por essas ruas calcetadas de Lisboa. Não sei como gerir esta vida pouco intensa que levo neste país onde nasci. Sinto falta de afectos palpáveis. Das vozes familiares que me amansavam o coração, em dias de luta solitária...

1 comment:

jotabloguer said...

Olá Clara! Bom dia! Por favor não te ceixes levar pelo saudosismo! Luta, faz novas cumplicidades! Portugal está aqui sempre disponível, mas tenta encontrar aí os teus suportes emocionais!
E quando quiseres estou sempre por aqui! tens de pensar assim, entendes?
Força amiga!
beijinhos,
Jorge