Monday, September 1, 2008

E tu vieste assim...sereno, nu e de riso franco. Achei que vinhas para mim. Só para mim. Mas atravessaste-me com o olhar. E então algo dentro de mim morreu. Morreu para renascer mais tarde. Quando voltaste sereno, nu e de riso franco.

4 comments:

L.S. Alves said...

Se é que um dia volta.
Um abraço moça.

Clara Onofre said...

Credo L.S. és um pessimista! Deixa-me lá sonhar pá! Ahahahahahahahaha
Mas tens razão..a ilusão é uma coisa triste. Há que pôr os pés no chão:))
Bj

jotabloguer said...

Romantica a menina,hem? Claro que fazes bem!É sinal que estamos vivos!
Kisses
jorge madureira

Clara Onofre said...

Romantismo acima de tudo Jotabloguer:))