Wednesday, May 20, 2009

Para a Bela (do blog Reflexos)

Depois vêm cansaços e o corpo fraqueja
Olha-se para dentro e já pouco sobeja
Pede-se o descanso, por curto que seja
Apagam-se dúvidas num mar de cerveja
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida


Enfim duma escolha faz-se um desafio
Enfrenta-se a vida de fio a pavio
Navega-se sem mar, sem vela ou navio
Bebe-se a coragem até dum copo vazio
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E entretanto o tempo fez cinza da brasa
E outra maré cheia virá da maré vaza
Nasce um novo dia e no braço outra asa
Brinda-se aos amores com o vinho da casa
E vem-nos à memória uma frase batida
Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida.

O Primeiro dia / Sérgio Godinho

2 comments:

Bela said...

Mais uma vez obrigada pelo carinho querida Clara, fiquei radiante!
É assim a vida, um círculo que cabe a nós tornar virtuoso, sempre.
Um grande beijo no seu coração.

Clara said...

Não tens de quê. Ainda bem que gostaste...adoro a letra destá música, porque acho que retrata na perfeição a essência da vida.
Beijos